Menina do vilarejo

Notícias de um vilarejo distante de irredutíveis gauleses... :)

sábado, setembro 23, 2006

Um blog!

Hoje encontrei um blog tao bonitinho.... mas está abandonado (como este aqui...risos)desde maio do ano passado.. :(
Me deu uma peninha..é tao lindo..
aqui vai o link: http://www.pequenoprincipe.blogger.com.br

é tudo uma graça!

domingo, outubro 02, 2005

Uma historinha meiga e pispirica!

Conta a minha vó, que em tempos remotos, aqui pelo vilarejo, havia um garoto muito curioso...

Esse mesmo garoto inquieto e questionador, deslumbrado com a descoberta de um mundo totalmente incoereente, tinha um gato: o Sapiranga. O animalzinho era o melhor amigo do guri, e era realmente um bichinho cativante.

Como tudo nessa injusta vida, um dia o gatinho morreu... e o próprio menino, apesar de toda a tristeza que estava sentindo, ajudou a enterrar o gatinho perto da casa onde morava.

Alguns dias depois, esse mesmo garotinho começa a fazer uma série de perguntas inusitadas à sua mãe; entre elas a curiosa questão "Mãe, gato plantando nasce??".

A mãe sem fazer relação alguma com o acontecido resolve responder que sim para ver a reação do garoto;e ele por sua vez exclama(do fundo da sua ingenuidade), com um sorriso de orelha a orelha: "ÊÊÊÊ! Então o Sapiranga ja tá nascendo de novo porque eu vi as orelhinhas dele brotando!"


Detalhe: o gurizinho é um tio meu!

Outro detalhe: eu adoro essa historinha porque traz-me lembranças da minha própria infância!

sábado, outubro 01, 2005

Coisas bonitas! (e significativas)

Maria, Maria

Composição: (m.nascimento/f. Brant)

Maria, Maria
É um dom, uma certa magia,
Uma força que nos alerta
Uma mulher que merece viver e amar
Como outra qualquer do planeta
Maria, Maria
É o som, é a cor, é o suor
É a dose mais forte e lenta
De uma gente que ri quando deve chorar
E não vive, apenas agüenta
Mas é preciso ter força
É preciso ter raça
É preciso ter gana sempre
Quem traz no corpo a marca
Maria, Maria
Mistura a dor e a alegria
Mas é preciso ter manha
É preciso ter graça
É preciso ter sonho sempre
Quem traz na pele essa marca
Possui a estranha mania
De ter fé na vida




:)

quinta-feira, setembro 08, 2005

...

Estou me sentindo um abacate verde.

É...Alguém pode dizer que todos os abacates são verdes...mas não me refiro à cor(aliás existem abacates pretos, podres ; que ficam no chão ao redor do abacateiro. E mesmo que não existissem os abacates pretos, vermelhos, azuis e brancos; eles existiriam no plano das nuvens azuis da Fabíola!); me refiro a um abacate que ainda não esta maduro... abacate verde mesmo...!

Não dêem bola....Não esperem explicação...

Tudo (e tudo mesmo) é fruto da luta incansável que o meu eu trava contra mim (ou seria a luta do meu mim contra eu??). De fato, eles passam a vida inteira se estrangulando, se contrapondo.
O mim coloca cianureto na coca-cola do eu.. E o coitadinho do eu apenas esbraveja...O que ele pode fazer? Na maioria das vezes, ele vai enfraquecendo..Desistindo parcialmente..
Por fim fica lá...jogado em um cantinho "complainando" baixinho..
Quem o ouve não serve para porta-voz...a censura do mim não permite qualquer manifestação do eu, e este acaba por virar uma saudosa e disfarçada lembrança.
É... o eu pode até ser fraco,por vezes; mas não desiste...em alguns casos consegue se recuperar e puxar o tapete do mim deixando-o encurralado e saindo de vencedor.

Não sei quem é o mocinho que é o bandido. Não sei sequer se se pode classificá-los nessas categorias.O pior é que além desses dois ainda existem as possibilidades, o mundo, a vida.
Nenhum deles consegue ser sozinho.Não existe eu sem mim; assim como não existe mim sem eu. Somos intersecção de mim, eu, e mundo...E o que sobra de nós em meio a essa tempestade de "paticidade"?? Será que somos restos de mim e de eu costurados pela agulha das circunstâncias como uma boneca fantoche feita de retalhos tirados da roupa velha?

O mim não quer ser eu, e o eu não quer ser mim... E então, o que sobra da Fulana, da Ciclana??Quem sou eu? Quem ser mim?

Lembram da teoria de uma certa carioca?? "Minha vida sem mim"
Tenho refletido sobre isso..Só que nesse post é o eu que corresponde ao mim da Fafa..
Será que me faço entender..??
O meu eu quer um pote de sorvete, e meu mim quer ser magro..o meu mim quer barulho e o eu só exige silêncio e paz...o meu eu esbraveja ao escutar certos comentários, enquanto o mim finge que não os ouve ;ou,utopicamente, procura algo positivo neles... o meu eu diz sim e o mim diz não...o meu eu gosta de escrever,ler, de beijar, de ser correto; já o mim obedece às normas acadêmicas e não toma chimarrão... O eu enche a boca pra falar poucas e boas à quem merece ouvir mais do que isso,e nesse momento o mim engole todas as palavras..o meu eu pensa e o mim age...o meu eu escreve esse post e o mim vai rir e dizer que é bobagem logo logo.. Mim ri em alto e bom tom, enquanto eu chora.

Acho que já não sou um abacate verde..estou amadurecendo..(passando de verde pispiríco à verde cocota erudita)...mas não quero ficar verde bandeira,verde musgo, verde quartel..quero um tom de verde limão fresco com açúcar e gelo; pra sempre..
Quero permanecer pispiríca...nunca vou apodrecer e nem me tornar um abacate preto jogado ao pé do caule!
Mas não seria isso impossível..devido à ação do tempo..devido à própria natureza de ser do abacate?
É natural apodrecer...??? Talvez, para um abacate ou para mim; mas não para eu.


Obs: desculpem os meus erros, por favor!
e desculpem as metáforas indecifráveis para alguns..Mas não consegui me exprimir de outra forma..
Até

quinta-feira, setembro 01, 2005

Casa nova...

Bom... Anuncio a qualquer ser persistente e esperançoso que ainda visite este blog abandonado, uma breve mudança no template.
Acho que vai ficar bem legal... o namoradinho vai fazer...com calma .. Mas "soon" teremos uma "casa nova"...
Talvez alguém possa perguntar-se: Para que novo template se essa criatura não escreve...?
Mas é que ando pensativa..e com umas idéias malucas...
Bom..deu vontade de mudar o template e pronto.

Mudanças geralmente são positivas...e creio que essa seja!

terça-feira, julho 26, 2005

Sobre o "mensalão" e outros escandalos políticos....

Bom...nessas horas agadeço por ser politicamente alienada!(Tem gente que vai odiar ler isto...)

Sobre os escandalos políticos...a enrolação... o bafafá todo...Me abstenho de qualquer comentário...só digo que minha avó estava certíssima toda a vez que dizia : "Quanto mais se mexe na ..... mais ela fede....!"

Beijos

sexta-feira, julho 15, 2005

Post cansado!

Enfim férias...
Só terei a segunda livre ...mas ao menos teoricamente estou de férias!!!
Que maravilha!
Finalmente!

Ps: é o último post curto da semana...
Ps: como se eu postasse muuuuito!
bjus para todos!